FALE CONOSCO: (67) 3409 1234

Copasul - Cooperativa Agrícola Sul MatoGrossense
Download NFe/XML Webmail

investe

Copasul fará investimento de mais R$ 90 milhões em silos e fiação

04, Jan de 2021
Voltar

A Copasul iniciou a implantação de empreendimentos que resultarão em investimentos na casa dos R$ 90 milhões na cidade de Naviraí e região de Nova Andradina, além de Novo Horizonte do Sul onde é concluída a implantação de uma usina fotovoltaica.

 

Em Novo Horizonte do Sul, a unidade de recebimento de grãos recebe uma usina para geração autosuficiente de energia, um investimento em torno de R$ 3 milhões que precede a implantação de usinas semelhantes em outras unidades. A estrutura deve ser inaugurada nos primeiros meses de 2021.

 

Nas cidades de Nova Andradina e Batayporã, dois empreendimentos serão motivo de investimentos que ultrapassam R$ 30 milhões. Na cidade de Nova Andradina, onde a Copasul atua com revenda de insumos e assistência técnica, ocorre a construção de um escritório próprio com depósito de insumos. Em Batayporã, a cooperativa já iniciou a construção de uma unidade de recebimento de grãos. Ambos os projetos reforçarão a estratégia de atuação e o atendimento e suporte aos cooperados da região, o primeiro com previsão de entrega no fim de 2021, e o silos, com previsão para o início de 2022.

 

Em Naviraí, o destaque de investimento da Copasul em 2021 será a ampliação da Fiação de Algodão, com a construção da Fiação II e ampliação da capacidade de produção para pelo menos 2 mil toneladas de fio por mês, consolidando a unidade como uma das grandes fiações do Brasil, fruto de uma visão empreendedora do fundador da Copasul, senhor Sakae Kamitani. O investimento será em torno de R$ 60 milhões e a previsão de término da obra é para o final do ano.

 

“Este promete ser um ano desafiador e próspero. Desafiador por causa da pandemia, mas próspero pela quantidade de projetos que temos em andamento. Ações para reforço da estratégia de atuação na agricultura, mas também os passos firmes no rumo da agroindustrialização, que é a saída para amenizar os problemas com o clima nesta ‘fábrica a céu aberto’ que é a lavoura. Apesar das incertezas estamos motivados e empenhados para que a Copasul consiga se fortalecer e prosperar junto com os cooperados e colaboradores e continuar contribuindo com a comunidade”, destacou o diretor de operações, Adroaldo Taguti.

 

Além de empreendimentos físicos, a Copasul segue com os projetos de novos negócios, e atua junto à fecularia para novas ações de consolidação da Tapioca Copasul no mercado, além da possibilidade de lançamento de novos produtos.